Blog

Blog

Localizar notícias:
Voltar

Os problemas causados por pulgas e carrapatos e como preveni-los

Os problemas causados por pulgas e carrapatos e como preveni-los

É de se imaginar que pulgas e carrapatos causam desconforto nos pets, além da coceira e do estresse, mas você sabia que eles também podem causar doenças transmissíveis? Por isso, a prevenção e os cuidados adequados são de extrema importância para evitar esse tipo de problema na rotina do seu animal de estimação.

Continue a leitura para entender em detalhes a importância da prevenção de pulgas e carrapatos.

O que são pulgas e carrapatos?

São considerados ectoparasitas (parasitas que se hospedam na pele do animal) e, contrário ao senso comum dos tutores, eles podem viver e procriar também no chão. Sempre procuram por lugares sujos e empoeirados, como ambientes com baixa umidade, madeiras entulhadas, camas de pets sem higienização, carpetes e sofás com muita poeira etc.

O que os ectoparasitas podem causar?

Os primeiros sintomas são os mais conhecidos pelos cuidadores dos pets: coceira, estresse e um desconforto descomunal. O que muita gente não sabe é que as pulgas e os carrapatos também são capazes de transmitir doenças graves e, por vezes, mudar a vida de gatos e cachorros.

Quando as pulgas estão contaminadas e picam um pet para se alimentar, são capazes de gerar dermatites caninas e alergias, verminoses e o tifo endêmico. A peste e o verme intestinal Dipyldium Caninum também podem ser causados pela picada de uma pulga contaminada e deve-se prestar atenção aos sintomas apresentados, como perda de peso, diarreia, febre e inchaço.

Existem vários tipos de carrapatos diferentes e, por sua vez, podem transmitir diversas doenças aos pets, sendo essas as mais comuns em cachorros e gatos: babesiose e erliquiose. É de extrema importância que o seu amigo de quatro patas esteja sempre com a imunidade fortalecida, para que eles não fiquem tão sensíveis e expostos aos riscos dos parasitas. Além dos animais de estimação, os carrapatos também podem afetar a vida de humanos, transmitindo a febre maculosa e a doença de Lyme e de Powassan.

Como prevenir?

Os problemas causados por esses parasitas não são poucos e é só tomando os cuidados adequados que você conseguirá prevenir e manter a saúde do seu pet em dia. Os caminhos para a prevenção são muitos e você pode seguir uma rotina para facilitar este compromisso.

A higiene e limpeza, tanto do seu pet quanto do ambiente em que ele vive, é extremamente necessária na prevenção da infestação. Além disso, você também pode optar por comprimidos de controle que agem de dentro pra fora do organismo dos animais, manter as vacinas em dia, escolher com cautela os locais de passeio evitando lugares sujos e empoeirados, fazer uso de coleiras e shampoos antipulgas e carrapaticidas e, claro, você deve consultar o veterinário com frequência. O trabalho de um profissional vai ajudar na identificação do problema e na decisão do tratamento mais eficiente para cada caso.


Ainda ficou com dúvidas sobre o assunto? Clique aqui para encontrar a loja mais próxima e converse com os nossos farmacêuticos. Ou se preferir, é só enviar uma mensagem no Fale Conosco.

Também estamos nas redes sociais. Siga os nossos perfis no Instagram, no TikTok no Facebook!

Até mais!29


Default Image
Por
publicado 31/10/2023 - 05h12 | última modificação 31/10/2023 - 06h01